sexta-feira, 20 de julho de 2012

Jesus - A Água Viva



Um dia Jesus caminhava por Samaria. Estava cansado, pelo que parou junto ao poço de Jacó. Por volta do meio dia, uma mulher chegou para tirar água. Jesus disse-lhe: “Dá-me de beber”.

A mulher respondeu-lhe: “Como sendo tu judeu, me pedes de beber a mim que sou mulher samaritana?” Jesus respondeu-lhe: “Se conheceras o dom de Deus, e quem é o que te pede: dá-me de beber, tu lhe pedirias, e Ele te daria água viva”.

A mulher disse-lhe: “Senhor tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo; onde, pois, tens a água viva? És tu, porventura, maior do que Jacó, o nosso pai, que nos deu o poço, do qual ele mesmo bebeu, e, bem assim, seus filhos e seu gado?” Jesus respondeu e disse-lhe: “Quem beber desta água tornará a ter sede; aquele, porém que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna”. Jesus é a água viva.

É disto que necessitam todos em todo o mundo, tanto em África, como na Índia, na China, Estados Unidos, América Latina e Europa. Todos necessitamos da água espiritual que Jesus dá. A Bíblia diz que somos prisioneiros num poço sem água. Pense nisso, presos num poço sem água. Quanto tempo acha que pode viver uma pessoa sem beber água? Não muito. Pode-se viver muitos dias sem alimentos, mas sem água não.

Já esteve alguma vez verdadeiramente sedento, tanto, que pensava que ia morrer? Disseram-me que não há sensação parecida. Pedro falava de poços sem água. Imagine que viaja no deserto e chega a um poço onde crê que achará água; tem sede, a língua inchada, e os lábios gretados, mas quando chega ao poço este está seco.

A Bíblia diz: “Os perversos são como o mar agitado, que não se pode aquietar, cujas águas lançam de si lama e lodo. Para os perversos, diz o meu Deus, não há paz.” Já contemplei o mar em movimento, debatendo-se, e as grandes ondas chicoteando a costa. O mar está sempre em movimento.

A Bíblia diz que os que se encontram longe de Deus são como o mar picado, estão inquietos, buscando, questionando e procurando encontrar um lugar em que haja calma e paz, sem o poderem encontrar. A vida é difícil, dura e espinhosa, sobretudo sem a paz e a alegria de Deus, e sem a água viva que Cristo Jesus pode dar. Possivelmente você está num poço agora mesmo, na sua família, no seu trabalho.

Há jovens que não sabem que profissão seguir, que fazer no que diz respeito ao casamento, ou como resolver os problemas em que se vêem envolvidos: encontram-se num poço sem água. Porque não vem ao poço que Jesus lhe oferece, para beber a água viva que Ele dá? A sua sede só poderá ser verdadeiramente acalmada com esta água viva.

Quem sabe se não anda loucamente de um lado para o outro, à procura de algo que possa satisfazer a terrível necessidade espiritual que somente Deus pode satisfazer. Jesus disse que Ele é a água da vida, é a água viva que entrará no seu coração para acalmar a sede que tem.

Quem sabe se já tentou tudo para obter satisfação e trazer paz e alegria à sua vida, para ter uma sensação de perdão e pertença, sem o conseguir alcançar. Jesus disse:

“Quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede.” Os que bebem a água das drogas voltarão a ter sede. Os que bebem as águas da fama voltarão a sentir-se sedentos. Os que bebem as águas da popularidade voltarão a ter sede.

Podem beber todas as demais águas que se oferecem na atualidade e voltarão a ter sede. No entanto, se beber as águas vivas que Jesus dá, não voltará a ter sede. Jesus disse: “a água que eu lhe der será nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna”.

Todas as pessoas podem ter a vida eterna ao beber a água da fonte de Jesus. Já experimentou? Não me refiro a ser membro de uma igreja, ao batismo ou ao conhecimento de todas as respostas corretas. Estou a falar de ter uma relação com Jesus Cristo todos os dias, uma verdadeira experiência viva com Ele.

A mulher disse-lhe: “Senhor, dá-me dessa água”. Deve dizer o mesmo: “Dá-me dessa água da vida, Senhor Jesus, desejo perdão para meus pecados, quero ter a certeza que vou para o céu.

Quero uma nova vida porque estou cansado da que tenho levado até agora. Estou cansado do labirinto em que me encontro, quero outra coisa na vida”. Nunca encontrará o que deseja até que venha a Jesus Cristo. Jesus disse que se deseja que essas águas vivas entrem no seu coração e na sua vida e os mude, tem que nascer de novo. Jesus disse: “Eu Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas... aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida”. Aquele que quer da água da vida és tu. Vem como estás, vem a Jesus Cristo.

Depois de receberes a Cristo, entrega-lhe a tua vida. Quando recebe a Cristo, Ele se transforma não só no seu Salvador, como também no Senhor da sua vida. A Bíblia diz: “Todos vós, os que tendes sede, vinde às águas; e vós, os que não tendes dinheiro, vinde, comprai, e comei; sim, vinde e comprai, sem dinheiro e sem preço.” Possivelmente você tem sede de uma relação pessoal com Cristo. Venha à água, venha à água viva, alegre-se com Cristo.

A Bíblia diz: “Eis que Deus é a minha salvação... Vós, com alegria, tirareis água das fontes da salvação”. As fontes da salvação são para ti. Deus está a fazer-te a oferta. Vem tirar água com alegria. Quando chegares à água viva, sentirás uma satisfação que não se pode descrever com palavras. Jesus disse: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba”. “Quem crer em mim, como dizem as Escrituras, do seu interior fluirão rios de água viva”.

A mulher foi àquele poço porque tinha um encontro divino. Jesus passava por ali e parou para descansar; a mulher chegou nesse momento. Essa mulher tinha uma vida vazia, as suas esperanças na vida tinham desvanecido, já não tinha expectativas, já não esperava nada diferente, estava a viver uma vida rotineira. Já tinha estado casada cinco vezes e, nesse momento, vivia com um homem que não era seu marido.

Depois de ter experimentado quase tudo, sentia-se miserável, infeliz e sedenta. “Vem às águas. Bebe da fonte de água viva”, disse-lhe Jesus. Hoje Cristo oferece-te desta mesma água viva.

Autor: Billy Graham
  

Postar um comentário