sexta-feira, 20 de julho de 2012

QUERO O SEU PIOR PORCO




Um pastor de uma pequena cidade estava evangelizando um fazendeiro, criador de porcos, tentando levá-lo a abrir seu coração para o Salvador. Todas as vezes que o pastor lhe falava de Jesus o fazendeiro apontava para os hipócritas da igreja, dizendo:

- Eu não vou ser igual ao fulano que da um de santo e aqui fora é pior que eu...

O Pastor argumentava que ele precisa cuidar da sua alma e não se levar pelos maus exemplos, mas o homem mostrava-se inflexível.

Certo dia, o pastor foi até a fazenda daquele homem e disse-lhe que desejava comprar um de seus porcos. "Tudo bem," disse o homem, "vou lhe mostrar os melhores porcos que tenho." "Não!", retrucou o pastor, "quero o pior porco que o senhor tiver." "Mas por que deseja o pior se eu tenho excelentes porcos?", perguntou o fazendeiro.

- "É que eu pretendo levá-lo a todos os fazendeiros da vizinhança para mostrar o tipo de porcos que o senhor cria."

- Não faça isso. O senhor está equivocado. Não porque tenho um porco ruim que todos os outros da minha criação são!

- Todos os dias, o senhor diz isso da minha igreja, porque eu não posso dizer o mesmo dos seus porco?

Sabe qual é o problema? Nós temos o péssimo costume de formar conceitos baseados no lado ruim daquilo que observamos. Uma pessoa estraga toda a comunidade, uma ovelha negra destrói a reputação das outras 100, um tropeço aniquila outros sucessos e vitórias.


Postar um comentário