quarta-feira, 21 de março de 2012

LIÇÕES BÍBLICAS DO 2º TRIMESTRE DE 2012

LIÇÕES BÍBLICAS DO 2º TRIMESTRE DE 2012:

No 2ºTrimestre de 2012, estaremos estudando, através das Lições Bíblicas da CPAD,sobre o tema: “AS SETE CARTAS DO APOCALIPSE – A mensagem final de Cristoà Igreja”. As lições serão comentadas pelo pastor Claudionor deAndrade. Foram divididas nos seguintes temas:



Lição 1 – Apocalipse, aRevelação de Jesus Cristo;

Lição 2 – A Visão deCristo Glorificado;

Lição 3 – Éfeso, a Igrejado Amor Esquecido;

Lição 4 – Esmirna, aIgreja Confessante e Mártir;

Lição 5 – Pérgamo, aIgreja Casada com o Mundo;

Lição 6 – Tiatira, aIgreja Tolerante;

Lição 7 – “Sardes, aIgreja Morta”;

Lição 8 – Filadélfia, aIgreja do Amor Perfeito;

Lição 9 – Laodiceia, umaIgreja Morna;

Lição 10 – O Governo doAnticristo;

Lição 11 – O Evangelho doReino no Império do Mal;

Lição 12 – O Juízo Final;

Lição 13 – A FormosaJerusalém.

-----------

Neste 2º trimestre/2012, estudaremos o último livrodas Sagradas Escrituras: o Apocalipse. Este livro é um dos mais belos efascinantes da Bíblia. Através dos seus símbolos e figuras, Jesus nos mostracomo serão os últimos dias da humanidade.

Apocalipse não apenas olha adiante para a consumaçãofutura de todas as coisas e o triunfo de Deus e do Cordeiro, mas também forneceum desfecho para os sessenta e cinco livros anteriores da Bíblia. Na verdade, amelhor maneira de entender Apocalipse é estudando toda a Bíblia. Quase todas assuas personagens, símbolos, acontecimentos, números, cores e imagens aparecemanteriormente nas Escrituras. Alguém chamou Apocalipse apropriadamente de“Estação Central” da Bíblia, já que nele todas as “linhas” convergem. Quelinhas sãos essas? São linhas de pensamento iniciada em Gênesis e nos livrosseguintes. Elas desenvolvem os conceitos do fio escarlate da redenção, Israelcomo nação, as nações gentias, a Igreja, Satanás como adversário do povo deDeus, o anticristo e vários outros.

De todos os livros da Bíblia, Apocalipse tem a maiorvisão panorâmica da História e do controle máximo que Deus tem sobre ela. Ascoisas podem ficar difíceis, mas Deus sabe o que está fazendo e está nosguiando a uma Nova Jerusalém onde enxugará nossas lágrimas e onde habitaremoscom Ele para sempre.

Chamado equivocadamente desde o século IV de“Apocalipse de São João”(na verdade, porém, é “Revelação de JesusCristo”(1:1)), este livro é o ponto culminante necessário da Bíblia, pois nosmostra qual será o desfecho de todas as coisas. Até mesmo uma leiturarudimentar funciona como advertência severa aos incrédulos para se arrependereme como encorajamento ao povo de Deus para perseverarem!

Apocalipse é um livro aberto em que Deus revela seusplanos e propósitos para a sua Igreja. Ele não é a revelação apenas das últimascoisas, mas sobretudo da saga do Cristo vencedor. Este livro majestoso fala nãotanto de fatos escatológicos, mas da Pessoa gloriosa de Cristo. Apocalipse éfundamentalmente a revelação de Jesus Cristo(Ap 1:1), e não apenas de eventosfuturos. Você não pode divorciar a profecia da Pessoa de Jesus.

Apocalipse é também um livro prático e não apenaspara transmitir informações sobre o futuro. Ele foi dado para ajudar o povo deDeus no presente. É o que nós vamos estudar ao longo deste 2ª trimestre de 2012acerca das 7 cartas do Apocalipse. Ele contém muitas exortações à fé, paciência,obediência, oração e vigilância.

Cristo veio ao mundo para revelar o Pai(João 17:6).No Apocalipse é o Pai quem revela a Jesus(Ap1:1). E como O revela? Como o servolavando os pés dos discípulos? Como uma ovelha muda que vai para o matadouro?Como aquele de quem os homens escondem o rosto? Como aquele que está pregado nacruz, com o rosto cheio de sangue? Como aquele que tem as mãos atadas e os péspregados na cruz? Absolutamente não!

A revelação de Jesus Cristo pelo Pai é de um Serglorioso: Seus cabelos não estão cheios de sangue, mas são alvos como a neve.Seus olhos não estão inchados, mas são como chama de fogo. Seus pés não estãopregados na cruz, mas soa semelhantes ao bronze polido. Sua voz não está roucapor causa da língua que está colada ao céu da boca, por atordoante sede, mas évoz como voz de muitas águas. Suas mãos não estão cheias de pregos, mas Elesegura a Igreja e a história em Suas onipotentes mãos. Seu rosto não estádesfigurado, mas brilha como o sol.

O objetivo do livro do Apocalipse não é nos dar umatabela do tempo do fim, mas nos revelar o Noivo glorioso da Igreja, o supremoconquistador. A Igreja precisa olhar para a supremacia do seu Senhor. Durante asua primeira vinda, a glória de Cristo estava encoberta. Ele viveu se esvaziandoda Sua glória. Mas na sua segunda vinda, sua glória será auto-evidente (cf Mc14:61,62; Ap 1:7).

O Apocalipse é um livro de esperança. O apóstoloJoão, testemunha ocular de Jesus, proclamou que o Senhor vitoriosos iria, comtoda certeza, retornar para defender os justos e julgar os pecadores. Mas oApocalipse também é um livro de advertências. A situação nas igrejas não eraideal, portanto Cristo convocou seus membros para que se comprometessem a viverde modo justo.

Neste trimestre, ouça as advertências feitas porCristo às igrejas e arranque de si todo pecado que possa bloquear seurelacionamento com Ele. Encha-se de Esperança sabendo que Deus está no controlede tudo e que a vitória de Cristo está assegurada. Todos os que confiam nEleserão salvos.
Postar um comentário