quarta-feira, 21 de março de 2012

“O Senhor é o meu Pastor e nada me faltará!... ainda que eu ande no vale da sombra e da morte; nada temerei... com Jesus.”

“O Senhor é o meu Pastor e nada me faltará!... ainda que eu ande no vale da sombra e da morte; nada temerei... com Jesus.”:
Estou indo ao Hospital buscar a Andrea e o Paulo Daniel, em meio as dores, levanto os meus olhos para o céu em agradecimento por poder traze-los para casa. Agradeço a Deus e ao nosso Senhor Jesus por nos dar mais essa oportunidade de ter o Daniel em nosso meio.

Nos não sabemos quantos livramentos de morte Deus deu a ele, nesses dias, internado naquele Hospital. Quantas vezes Satanás o quis matar? Mas, Deus não permitiu; livrando-o dos erros médicos; das bactérias, dos homens sanguinários entre outros ataques.

Paulo Daniel não pode ter o seu coração, de carne, consertado através de um Cateterísmo; terá que ser feito uma cirurgia abrindo o seu peito. Continuamos nessa batalha com a certeza do “outro coração” do P. Daniel, o espiritual, apesar dos seus 5 anos, o leva sempre a cantar:

“Jesus Cavaleiro do Céu, nunca perde a peleja no campo de batalha!
 Jesus Cavaleiro do Céu, nunca perde a peleja no campo de batalha!
 Ele venceu a serpente perigosa... e as nações viram seu grande poder,
 Toda a Glória a Jesus o Nazareno
 Toda a Glória ao Lírio dos Vales
 Ele é o Reis dos reis a Estrela da Manhã”


Eu sei que, mesmo bem criança, ele canta entendendo o significado e com muita fé. Assim continuamos na certeza de que todo o poder, toda a glória, toda a honra pertence a Jesus!

 “Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.
Direi ao SENHOR: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.
Porque ele te livrará do laço do passarinheiro e da peste perniciosa.
Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas estarás seguro; a sua verdade é escudo e broquel.
Não temerás espanto noturno, nem seta que voe de dia, nem peste que ande na escuridão, nem mortandade que assole ao meio dia.
Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas tu não serás atingido.
Somente com os teus olhos olharás e verás a recompensa dos ímpios.
Porque tu, ó SENHOR, és o meu refúgio! O altíssimo é a tua habitação.
Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.
Porque aos seus anjos dará ordem ao teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.
Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.
Pisarás o leão e a áspide; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.
Pois que tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei num alto retiro, porque conheceu o meu nome.
Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; livrá-lo-ei e o glorificarei.
Dar-lhe-ei abundância de dias e lhe mostrarei a minha salvação.”
(Samo 91).

Postar um comentário