quarta-feira, 25 de abril de 2012

Murmure menos e viva mais


Murmuração é algo que entristece o coração de Deus. Como diz o pastor Márcio Valadão (Igreja Batista da Lagoinha): “Murmurar é afirmar que no lugar de Deus você faria diferente” e isso significa menosprezar a escolha do Senhor, é achar que você faria melhor que Ele. Neste raciocínio é impossível crer na mensagem escrita em Romanos 8.28: “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”

Os planos do Senhor nunca falham. Tudo que Ele planeja para nossas vidas é realizado no momento certo, Ele deseja o melhor para cada um de nós. O único impedimento da realização da vontade de Deus parte da dureza do nosso coração, da falta de confiança nele e da ansiedade que descarrega a esperança. É necessário esperar nele, continuar firme nas orações e não deixar que a tristeza impeça que Jesus opere o milagre que você tem pedido.

Uma das áreas da vida que mais causam insônia, desespero e stress é justamente a financeira. Quando surgem gastos imprevistos e a situação foge do controle, a tendência é esquecermos que Jesus sempre tem a solução e não desampara nenhum de seus filhos. As dívidas aparecem trazendo motivos para cair em murmuração e o inimigo aproveita a brecha para “florear” os pensamentos com comparações indevidas. Quem nunca ouviu um sussurro no ouvido dizendo: “Está vendo fulano? Ele não teme a Deus, mas é bem-sucedido na vida profissional. E ciclano? Vive em pecado e possui muitas riquezas.” O sentimento de impotência toma conta da visão, traz cegueira espiritual e atrapalha o agir de Deus para lhe tirar dessa situação desagradável.

A Bíblia diz que “O coração alegre aformoseia o rosto, mas pela dor do coração o espírito se abate.” (Provérbios 15.13) Deus quer que nossos sentimentos sejam de alegria, independente do momento difícil. A visão deve ser pautada no entendimento de que se Ele permitiu que você vivesse determinada situação é porque irá operar um grande milagre, seja na recuperação do controle financeiro, no aprendizado da vida espiritual ou no testemunho que seu irmão precisa ouvir de você. A atitude correta é deixar o Senhor agir conforme a vontade dele e se alegrar com o que Ele vai fazer. É abandonar o impulso da própria vontade e se constranger pela surpreendente obra, rica nos detalhes, que Ele vai operar. Só Jesus realiza a obra completa.

Dizimar e ofertar, mesmo em situações difíceis, são maneiras de fechar brechas e impedir a ação do inimigo. Com essas atitudes reconhecemos que o Senhor é o dono de tudo e abrimos espaço para que Ele nos abençoe cada vez mais.Procure vivenciar e praticar os ensinamentos da Palavra de Deus, pois ela é luz para nossos caminhos, como é possível caminhar no escuro? Como enxergar os obstáculos e o que fazer para desviar deles, sem a iluminação? (Salmo 119.105)

Postar um comentário