sexta-feira, 27 de abril de 2012

PARA LER NO INÍCIO DA ADOLESCÊNCIA!


Natan de Oliveira
Adolescente tímido.
Puritano.
Firmemente convicto que o 
namoro tinha um só objetivo: o casamento.

Antes dos 19 anos, limitava-se a gostar das meninas.
Uma vez que antes dos 19 anos ele não tinha a mínima condição financeira de se casar.
Uma vez que o namoro apenas para passar o tempoou para se aproveitar das intimidades das meninas, pesava gravemente na sua consciência.
Chegou aos 19 anos sem ter nunca namorado.

Gostou de várias moças e várias moças gostaram dele.
Mas nem as moças de quem ele gostava retribuíram seu sentimento, nem mesmo as moças que gostavam dele, eram retribuídas por ele quanto aos sentimentos delas.

E assim, de desencontros em desencontros o tempo foi passando...

Este 
propósito em ser casto neste aspecto lhe trouxe alguns desgostos (em muitos outros aspectos ele era um pecador depravado).
E, meus caros filhos, provavelmente vocês passarão pelas mesmas dificuldades se fizerem a mesma opção, ele o moço desta história (vosso pai, este que vos escreve), muitas vezes foi ridicularizado:

"Ele é virgem...!"
"Ele não gosta de mulher...!"
Alguns comentavam e uns mais corajosos perguntavam para a minha mãe "Ele tem algum problema?"
Eram comentários que nem sempre deixam um jovem inseguro na maior alegria da vida, na maioria das vezes são constrangedores e trazem tristeza.

Mas por que vocês podem trilhar este mesmo caminho, e fazerem estas mesmas escolhas?

1. Porque Deus se agrada disto.
"Que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, não com o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus; e que, nesta matéria, ninguém ofenda nem defraude a seu irmão; porque o Senhor, contra todas estas coisas, como antes vos avisamos e testificamos claramente, é o vingador, porquanto Deus não nos chamou para a impureza, e sim para a santificação" 1 Tessalonicenses 4.4-7

2. Porque Deus odeia a promiscuidade e todas as demais obras da carne.
"Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia." Gálatas 5.19

3. Porque a Bíblia recomenda e determina a pureza sexual.
"Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno e a avareza, que é idolatria." Colossences 3.5

4. Porque é praticamente impossível beijar uma pessoa além de certo limite, e continuar impassível e resistir aos instintos sexuais. 
Melhor é fugir da aparência do mal pois isto agrada a Deus.
"Perguntou ainda o SENHOR a Satanás: Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus E QUE SE DESVIA DO MAL." Jó 1.8

5. Porque Deus não dará galardão nem salvação para os impuros, caso não se arrependam.
"Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados,
nem sodomitas." 1 Coríntios 6.9

6. Porque somos imitadores de Cristo e na nossa situação Ele não faria diferente do que a Bíblia recomenda.
"Não sabeis que os vossos corpos são membros de Cristo? E eu, porventura, tomaria os membros de Cristo e os faria membros de meretriz? Absolutamente, não." 1 Coríntios 6.15

7. E por muitos outros motivos e recomendações bíblicas, além do que, as muitas experiências sexuais de antes do casamento, geram cicatrizes que serão levadas para o leito conjugal
, trazendo problemas se não para o casal, pelo menos como instrumento de tentação de um deles.

Então meus filhos, sobretudo e soberanamente por ser um privilégio que Deus me deu, vossa mãe foi a
minha primeira e única namorada e isto quando eu tinha 23 anos, depois foram 2 anos de namoro e 2 anos de noivado, então casamos virgens eu com 27 anos e ela com 23 anos.

Se vocês optarem por fazerem a mesma escolha,
Deus vos abençoará, como tem abençoado grandemente o meu próprio casamento.

Sexo? Fiquem tanquilos... 
depois do casamento vocês terão inumeráveis oportunidades de dar vazão a vossa sexualidade e o farão sem medo pois é plano do Senhor que o sexo seja fonte de alegria do casal.
"Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade, corça de amores e gazela graciosa. Saciem-te os seus seios em todo o tempo; e embriaga-te sempre com as suas carícias."Provérbios 5.18-19

Tudo tem o seu tempo.
"Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlterosHebreus 13.4

Mas.... se por algum motivo vocês se desviarem do Senhor ou escolherem se arriscar e brincar com os sentimentos dos outros, ou então trilharem por caminhos que o mundo recomenda e apregoa nas
novelas, nos livros, no cinema e sempre que pode...

Mesmo assim, se for da vontade de Deus que um dia vocês 
realmente se convertam e busquem ao Senhor, Ele vos perdoará, e jogará toda esta imundície (cujas lembranças perseguirão vocês o resto da vida) que vocês praticarem na mocidade,Ele jogará tudo isto no "mar do esquecimento".

Isto não significa que Ele esquecerá, mas que perdoará.

Perdoar não é esquecer.
Perdoar é não levar mais em conta.

Deus é onisciente, não tem doença mental, nem sofre de esquecimento.
Ele sabe e sempre saberá tudo sobre o passado, o presente e o futuro.

Perdoar significa muito mais do que apenas esquecer, 
perdoar significa que Ele nunca mais levará em conta os pecados do passado, e te tratará como se eles nunca tivessem ocorrido.
Quando a Bíblia fala em linguagem de homem, que Deus se esquecerá e que destas coisa não mais se lembrará, está falando que Ele não mais considerará estes erros nem dará importância para eles.

Nos dará 
vestes brancas e nos tratará eternamente como se fôssemos as mais puras e virgens noivas.
Pois nós os que somos de Cristo, somosidentificados como a noiva do Cordeiro, santa pura e imaculada.

Por isto gosto da analogia da noiva que se casa de branco.
Mesmo que tenha sido uma prostituta, ela está de branco, pois de certa forma o noivo está lhe dizendo que o seu amor por ela a torna pura e imaculada como o branco das suas vestes (ele a considerará assim e a tratará assim, não levando em conta e não jogando "na cara" seus erros do passado).

Caros filhos, escolham o caminho da pureza.
Se não for assim, oro para que Deus no tempo certo lhes proporcione o genuíno arrependimento e que vocês olhem para o Senhor Deus, que pode perdoar os mais cruéis e imundos dos pecados.
"Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã.Isaías 1.18

A diferença serão as cicatrizes.
Se trilharem o caminho da não promiscuidade, sofrerão menos e serão menos acusados e tentados por Satanás nos momentos de dúvida.

Que Deus vos proteja e lhes dê força 
para resistirem as ridicularizações da sociedade.

Escolham Deus e a Sua Palavra.
Ignorem o que o mundo diz.

Talvez o principal motivo para que não se tenha relações sexuais fora do casamento, é que esta atitude é considerada por Deus como LOUVOR, GLÓRIA e HONRA que se está dando a Deus.
Leia com atenção:

"FUGI DA IMPUREZA. Qualquer outro pecado que uma pessoa cometer é fora do corpo; mas aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo. Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, GLORIFICAI A DEUS NO VOSSO CORPO.1 Coríntios 6.18-20

O mundo que fique com o seu prazer momentâneo
e (na maioria dos casos) com seus próprios problemas e com as angústias dos seus infelizes casamentos, e das amargas cicatrizes.
Porque, se viverdes segundo a carne, CAMINHAIS PARA A MORTE; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis.” Romanos 8.13

meu filho, principalmente você por ser homem, saiba que o verdadeiro homem com H maiúsculo não é aquele que possuiu 1000 mulheres, mas sim aquele que teve a honradez, o carinho, a atenção, e o cuidado de amar a mesma mulher desde a sua mocidade até a sua velhice.

Vocês ainda não são jovens, e ainda tem muita estrada pela frente, mas 
que Deus os ajude para que possam tomar as melhores decisões quando a mocidade chegar, e que estas decisões sejam semelhantes das que o jovem Daniel fez.

"Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se..."
Daniel 1.8ª

Postar um comentário