terça-feira, 10 de abril de 2012

A ORAÇÃO PROMOVE A NOSSA SANTIDADE PESSOAL





Quando nós oramos, o que, especificamente, a oração fará? Temos tratado a oração em termos gerais, é necessário descer ao concreto e específico. A Palavra de Deus claramente nos responde esta questão.


Em primeiro lugar a oração promove nossa santidade pessoal, nosso crescimento individual à semelhança de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Em segundo lugar, a oração nos conduz à necessidade do estudo da Palavra de Deus.


Duas coisas, oração e estudo da Palavra de Deus, sempre andam juntos, porque não há verdadeira oração sem o estudo da Palavra e não há verdadeiro estudo da Palavra de Deus sem oração.


O nosso crescimento espiritual, à semelhança de Cristo, será exatamente proporcional ao tempo em que colocamos nosso coração na oração. Isto é diferente do tempo que ficamos em oração. Existem pessoas que colocam grande tempo em oração, mas colocam pouco de seu coração na oração. Outras que não colocam muito tempo orando ma, o tempo que oram o fazem de todo o seu coração. Jeremias 29.13


Também, em Efésios 1.3, Jesus Cristo com a sua morte, ressurreição e ascensão à direita do Pai, obteve para quem nele crê todas as bênçãos espirituais possíveis. Não há benção espiritual que qualquer cristão (a) não possa obter, Nele. Esta verdade pertence ao povo de Deus, que aceita o sacrifício redentor de Cristo na cruz por sua vida.


O primeiro passo da oração que produz santidade bíblica em nossa vida está estabelecido no Salmo 139; 23-24.


Na oração permitimos ao Senhor nos sondar, conhecer e provar o que há em nós. O Espírito Santo escaneia todos os nossos sentimentos e pensamentos. Este é o caminho da santidade interior. Também, é na oração que Deus revela os pecados que estão no íntimo, que determinam nosso modo de viver, os nossos caminhos. Uma vez expostos, nasce à disposição de escolhermos os caminhos do Senhor, caminho eterno. Está é a santidade exterior.


Bispo Luiz Vergílio
Postar um comentário